-->

sábado, 30 de agosto de 2008

Responda rápido: O que é um "laptop ignorante"?

Eu fiquei intrigado quando li o título da notícia: Asus anuncia laptops ignorantes para games, por isso decidi conferir. Depois de ler a notícia inteira, ficou claro que a INFO usou a palavra "ignorante" com a conotação de "exagerado". Eu conheço esse significado, que até pensei ser exclusivo aqui da região (Recife), mas só uso quando estou fazendo graça com alguma coisa (como em: "menina, que ignorância é essa?!") e acho que é a primeira vez que o vejo em um texto sério.

A propósito, esse significado alternativo não consta no Aurélio, por isso o considero "gíria". Isso me lembra da antiga capa de INFO que citava uma matéria sobre câmeras para "profiças" (não, não estava entre aspas na capa).

Talvez eu devesse ir me acostumando com isso. Afinal, todo dia tem algo "bombando" na imprensa tradicional, embora "bombar" seja um verbo inexistente nos meus dicionários. Em breve os repórteres estarão falando "tipo assim..." em rede nacional, pois na dublagem de filmes e séries já se fala desse modo.

Em tempo: Embora eu não goste da escolha da palavra, eu até posso aceitar (mas vocês não me verão usando) "bombando" como redução da expressão "fazendo sucesso", já que eu não consigo me lembrar de nenhuma outra palavra com o mesmo significado na nossa língua.

Estou ficando velho e chato. Só pode ser...

14 comentários:

  1. Então somos dois ficando velhos (hehe).

    É uma ignorância usar o termo "ignorante" como no caso dessa frase.

    Mas aqui no Espírito Santo (onde moro) também é muito comum o uso desta palavra com esse significado, inclusive entre as pessoas ditas "cultas".

    É o caso também de "competência" e "capacidade" usados normalmente como sinônimos por aqui.

    Coisas do tipo, "Esse cara é muito incompetente para atender as pessoas" ou "não tem competência para atender as pessoas" são muito comuns de se ouvir.

    Mas se o cara está empregado como atendente é sim COMPETENTE, pois a competência lhe foi dada pelo empregador, que o colocou no cargo. O que o cara seria é "INCAPAZ", ou seja, não tem capacidade para atender ao público.

    O pior é que já vi essa confusão de termos usada em revistas e jornais...

    ResponderExcluir
  2. Marcos Ling31/8/08 14:27

    É um termo bastante usado por aqui em São Paulo...
    Esse negócio de usar gírias da região fica um pouco estranho para um artigo que é lido pelo país inteiro. Quem é da região nem percebe essas coisas...
    Como o link da notícia é uma espécie de blog, talvez tenha um "desconto" (será que esse termo é válido!?).

    ResponderExcluir
  3. Marcos,

    Eu geralmente "dou um desconto" (também não sei se essa expressão é conhecida no país inteiro) a blogs. Afinal, eu sou blogueiro e não me sinto na obrigação de seguir nenhuma regra, norma ou imposição do jornalismo. Além do mais, meu domínio da língua está longe de ser perfeito. Mas quando o blog pertence a uma revista que tem enorme tiragem, circulação nacional há mais de uma década e é usada como referência por muita gente na área (não por mim), fica difícil pensar que "é só um blog".

    Se você tem *muita* visibilidade, precisa tomar cuidado. Você dá um mau exemplo e logo teremos uma nova praga, como o gerundismo.

    Se no futuro todo mundo começar a escrever "ignorante" no lugar de "high-end"/"top"/"topo-de-linha", saberemos a quem agradecer.

    ResponderExcluir
  4. por outro lado, posso estar enganado, mas:

    'Laptop Ignorante' não seria uma tradução... ignorante de uma expressão inglesa? E não a gíria

    Estou supondo que a Asus criou um 'dumb laptop', num paralelo com os conhecidos 'Dumb Terminal', das redes corporativas + mainframes

    assim, da mesma forma, o Dumb Laptop seria um laptop dedicado a jogos que rodam em rede

    ;)

    ResponderExcluir
  5. Tom,

    "Dumb Terminal" com leitor de blu-ray e dois HDDs de 500GB? Só se for de fabricação portuguesa...

    Mas eu juro que quando li o título da notícia, pensei em algo assim. Quando vi as especificações ficou claro que não podia ser.

    ResponderExcluir
  6. hehehe, Jeff,

    Considerando que o Sony PlayStation 3 é aclamado como o melhor BluRay player do mercado, usado como padrão nas resenhas dos demais players.

    Como, por exemplo (existem outras menções a isso, mas esse link foi o primeiro que encontrei):
    http://www.hometheatermag.com/discplayers/508sonyps3/

    E o PlayStation é apenas um 'dumb terminal', dedicado a jogos.

    A Asus pode estar querendo emular um PlayStation, neste 'dumb laptop'.

    :)

    ResponderExcluir
  7. Tom,

    Você está me confundindo. Um Video-Game não pode ser considerado um "dumb terminal", pois é projetado para ser capaz de demonstrar toda a sua glória sem estar conectado a qualquer tipo de rede.

    Um "dumb terminal", por definição, só é útil conectado a uma rede.

    ResponderExcluir
  8. Silvinho,

    O próprio Aurélio aponta incompetente e inábil como sinônimos. Esse significado que você conhece é apenas um dos significados correntes de "competência".

    ResponderExcluir
  9. A Info Exame já publicou uma chamada de capa enorme "Escritório Na Faixa", e algum tempo depois outra menor, falando de oportunidades de trabalho "com e sem holerite". Coisas que só quem é de São Paulo entenderia.

    ResponderExcluir
  10. Rafael,

    Holerite eu sei o que é, porque no meu último emprego meu chefe e vários colegas eram paulistas. Mas mesmo tendo trabalhado por seis anos com eles não faço a menor idéia do que signifique "na faixa".

    ResponderExcluir
  11. Jefferson,

    O "Na Faixa", significa "free" ou grátis, até onde eu sei...

    É normal aqui em SP escutar essa expressão.

    Ganhei algo "na faixa", ficou de graça, inclusive muitas vezes além de falar alguns repetem a expressão com as mãos como se fosse realmente uma faixa como a presidencial ou o cinto de segurança, cruzando a mao no peito na posição de uma faixa.

    ResponderExcluir
  12. Anônimo5/9/08 18:07

    Bah, esse na faixa eu nunca ia adivinhar!!! Que bizarro fazerem um título desses.

    O uso de "ignorante" foi ignorante mesmo! :-P

    Se a palavra fosse usada no meio do artigo (onde podemos entender pelo contexto) e entre aspas, eu dava um desconto... Mas fazer isso no título é tri sem noção, tchê :-P

    ResponderExcluir
  13. O que faz doer meus olhos é quando escrevem "nomões". Na INFO usavam direto para se referir as grandes empresas do setor. Eu acho ridículo.

    ResponderExcluir
  14. Aqui para o ceará, uma opção para "bombando" seria dizer "tá massa" !

    (...)

    Fica a sugestão!

    Eu com 20 anos tb já começo a me sentir velho com essas coisas. Quero só ver quando a viadagem e os traficantes assumirem o poder!

    ResponderExcluir

Siga as regras do blog ou seu comentário será ignorado.