-->

terça-feira, 10 de março de 2009

Como rodar o Norton Security Scan de um pendrive.


Para quem não conhece ainda, o Norton Security Scan (NSS) é um antivirus "on demand" (não fica residente) gratuito que pode ser baixado direto da Symantec ou como parte do Google Pack. O NSS não foi feito para ser portável, mas neste post eu explico como fazer com que o programa rode de qualquer lugar que você queira, incluindo um pendrive. O procedimento foi testado no Windows XP e Vista.

O problema é dividido em três partes
  • Instalar o NSS em um PC;
  • Mover/copiar os arquivos necessários para um pendrive;
  • Modificar o registro no PC onde o NSS será executado (acredite, isso é moleza).

Baixe e instale o NSS

Você baixa o programa selecionando-o nesta página. Você vai baixar o Google Update, que por sua vez vai baixar e instalar o NSS. O programa é pequeno e o idioma é PT-BR.

Rode o NSS conectado à internet. Ele vai baixar automaticamente as definições de vírus, Tenha paciência porque são quase 70MB (edit: mas vem comprimido em pouco mais de 40MB).

Coletando tudo o que é necessário

O programa é normalmente instalado em:
C:\Arquivos de Programas\Norton Security Scan

Copie esta pasta inteira (uns 10MB) para o pendrive.

A base de dados é normalmente instalada em
C:\Arquivos de programas\Arquivos comuns\Symantec Shared\SymcData\virusdefs-2.5-e

Você pode copiar esta pasta inteira para o pendrive, mas como a Symantec é bem relaxada com o uso do HDD alheio, existe muita coisa redundante e a pasta pode ocupar três vezes (ou mais) o espaço realmente necessário. Você não vai querer lotar o seu pendrive com (mais) lixo.

Nesta pasta existem dois arquivos e várias pastas, mais ou menos assim:

usage.dat
definfo.dat
+incoming
+binhub
+etc
+etc
+etc...

Abra o arquivo Definfo.dat em um editor de texto. Seu conteúdo é mais ou menos este:

[DefDates]
CurDefs=20090208.016
LastDefs=20090114.024

CurDefs é o nome da pasta mais recente, que contém as definições de vírus que efetivamente estão sendo utilizadas pelo NSS. Crie uma pasta no pendrive (vou nomeá-la "virusdefs-2.5-e"), dentro da pasta Norton Security Scan.

Copie a pasta indicada por CurDefs e os arquivos usage.dat e definfo.dat para virusdefs-2.5-e. No meu exemplo, o pendrive terá o seguinte conteúdo:



Modificando o Registro

O NSS vai olhar no Registro o caminho para as definições de vírus. Se ele não encontrá-las onde está indicado, ainda assim roda, mas vai baixá-las de novo (70MB) para a pasta default no drive C: (não é para o pendrive).

Para que o NSS enxergue a base de dados que está no pendrive, é preciso que...
HKLM\SOFTWARE\Symantec\InstalledApps\SymcData-virusdefs-2.5-e

...aponte para a sua localização. Isso poderia ser um problema porque a letra do pendrive muda de máquina para máquina, mas por sorte o NSS entende caminhos relativos, o que torna a coisa muito simples.

Exemplo de arquivo .reg que você pode usar para isso:

Windows Registry Editor Version 5.00

[HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Symantec\InstalledApps]
"SymcData-virusdefs-2.5-e"="virusdefs-2.5-e"

Esse arquivo pressupõe que a base de dados está em uma pasta "virusdefs-2.5-e" dentro da pasta do programa (conforme meu exemplo). Basta colocar o texto acima em um arquivo .reg e clicar duas vezes nele antes de executar o NSS. Vai funcionar não importando a letra que o pendrive assumir.

O programa sempre irá checar por atualizações ao ser rodado, mas pede permissão (a não ser que não encontre o banco de dados) , só vai precisar baixar o que estiver faltando e vai atualizar o próprio pendrive. Devido à forma como o NSS (e os antivirus da Symantec em geral) funciona você pode precisar de 70 a 140MB livres no pendrive para assegurar que a atualização não falhe, mas eu não comprovei essa necessidade. [24/03/09] Confirmado. Na atualização de hoje o NSS deixou 149MB a mais no pendrive que precisei apagar depois. Para preservar espaço, verifique qual a pasta de atualizações mais recente e apague a anterior e as pastas incoming e binhub.

Atenção: Antes de instalar o .reg em um computador de terceiros, verifique se não existe algum antivirus Symantec já instalado, porque ao executar o .reg você poderá fazer o instalado perder a noção de onde estão as suas definições de vírus. Um modo que aparentemente funciona é executar o NSS antes de executar o .reg. Se o NSS detectar um antivirus Symantec instalado ele vai dizer que você deve usar o instalado e não rodará. Se ele começar a atualizar as definições é porque não detectou nada. Finalize o processo, instale o .reg e rode o NSS novamente.

Notas sobre o NSS:

O NSS é, claro, um programa bem mais limitado que o pacote completo da Symantec. Quase nada é configurável e você não pode nem mesmo escolher que drive ou diretório será analisado. Mas pelo menos ele pergunta antes de excluir qualquer coisa e deixa para fazer essas perguntas no fim da varredura. Segundo a Symantec ele detecta e remove virus mas no caso de spyware e adware ele só faz a detecção (não dou a mínima). Apesar das limitações ele é muito mais "leve" e menos intrusivo por não ser do tipo residente . O objetivo, caso você já tenha um anti-virus, é rodá-lo de vez em quando em sua própria máquina para ter "uma segunda opinião" e rodar nas máquinas alheias para fazer uma checagem rápida.

No modo rápido o NSS só faz uma checagem básica que inclui pontos chave da partição Windows (geralmente C:) e locações no Registro. No modo completo o NSS olha em todas as suas unidades e pastas, dentro de arquivos ZIP e RAR (mesmo os renomeados para CBZ e CBR), etc.

12 comentários:

  1. Intruder A610/3/09 21:12

    Jefferson,

    Acho que posso estar dando uma sugestão meio cretina, mas ...

    Porque você, que já fez todo o trabalho de instalar o NSS no seu micro e depois passou para um pendrive, não pega estas pastas, compacta e coloca num destes servidores de arquivos, para que todos nós possamos pegar já pronto para ser usado de forma portátil ( incluindo o arquivo .reg ).

    Você fazendo isso estará fazendo um grande serviço para a gente, e mais ainda para os usuários com pouco traquejo com micro. Eu por exemplo sou meio traumatizado com os antivírus da Symantec, e se não precisar instalar no meu micro me motivará muito mais a utilizar a ferramenta ( tem menos risco de seqüelas ).

    ResponderExcluir
  2. Intruder,

    Eu prefiro não criar um problema com a Symantec. O NSS é gratuito mas não é freeware e redistribuí-lo desta forma, incluindo um "hack", provavelmente não ia agradar aos acionistas do "seu Norton".

    ResponderExcluir
  3. Ele não roda no Win2k, não é?

    ResponderExcluir
  4. A própria Symantec informa que é compatível apenas com XP e Vista. Eu testei agora e há incompatibilidade com a versão instalada de várias DLLs.

    ResponderExcluir
  5. Eu tentei instalar aqui no trampo usando o Win2k, mas não funcionou.

    Vou ter que instalar em casa, onde uso o Win7.

    ResponderExcluir
  6. Intruder A616/3/09 12:23

    Testei, e funcionou perfeito, mas seria muito bom se ele não tivesse limitações. Ele seria muito mais funcional se fosse na versão completa.

    ResponderExcluir
  7. Jefferson, por algum motivo, o NSS dá erro de atualização atualmente. A última atualização que fiz e deu certo pelo pen drive foi sábado passado, depois de seguir seu tutorial e colocar o programa no pendrive há várias semanas atrás. Todavia, repassando as atualizações de hoje que foram pra pasta original indicada no mesmo tutorial e passando-a pro pen drive deixou o NSS atualizado de novo.
    É estranho, não deveria fazer isso.

    ResponderExcluir
  8. Kosher-X,

    Eu havia atualizado pela última vez no dia 10. Atualizei de novo agora sem problema algum.

    ResponderExcluir
  9. Estranho, testei em vários computadores e nada.
    Por acaso você tem ainda o NSS instalado nesse mesmo computador onde realizou o update?

    ResponderExcluir
  10. Eu testei em dois computadores. No segundo, onde o NSS nunca foi instalado, eu experimentei apagar TODO o conteúdo da pasta virusdefs e o NSS atualizou para o dia 16/03 e achou que estava atualizado. Então eu apaguei todo o lixo extra deixado na pasta e rodei o NSS novamente. Aí ele atualizou para 24/03.

    ResponderExcluir
  11. Já eu, resolvi apagando arquivos do pen-drive. O espaço livre nele era pouco antes, então não gravava todo o update e apresentava erro justamente por isso.
    Coisa básica, porém deixei passar sem perceber.

    (Aliás, 'pen-drive' pela nova ortografia, tem ou não hífen?)

    Obrigado pela atenção, Jeff.

    ResponderExcluir
  12. Aliás, 'pen-drive' pela nova ortografia, tem ou não hífen...
    como o norte americano nomeou o dispositivo?

    ResponderExcluir

Siga as regras do blog ou seu comentário será ignorado.