-->

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Um mixer de áudio simples e barato

Nota: Este post está pronto desde novembro de 2007. Eu o deixei em rascunho porque faltava testar a possibilidade do mixer introduzir roncos no áudio, porque não aconteceu comigo mas ocorreu com o cliente. Mas em um ano não tive a oportunidade de descobrir o que provocou o ronco na instalação do cliente, por isso vai sair assim mesmo, com esse alerta.

Eu suponho que o problema ocorreu porque meu cliente usava uma combinação de diferentes estabilizadores e no-breaks para alimentar os computadores, o que provocou uma diferença de potencial entre os PCs e um fluxo de corrente entre eles pelo cabo de áudio. Mas isso é mera especulação.

------------------------------------------------

Há muitos anos eu tenho dois computadores na minha bancada e desde o início decidi que era melhor investir em um "som melhor", único, e usar um mixer de áudio para ligar meus dois computadores a ele. Foi uma decisão fácil, porque eu tinha um mixer de oito canais "encostado" desde que deixei de animar "bailes" com os amigos (era um hobby da adolescência).

Mas há duas semanas um cliente se deparou com o mesmo problema. No mesmo espaço onde tenho dois PCs ele tem quatro e até investiu em uma chave KVM ( chaveador de teclado, mouse e monitor) para não precisar ter 4 monitores. Ele estava usando um conjunto de caixas acústicas para cada PC, sendo que os dois PCs mais usados tinham sistemas de som melhores.

1) Creative Soundworks stereo (indicação minha);
2) Premier (indicação minha);
3) Caixinha ordinária;
4) Caixinha ordinária;

Mas a Premier está há meses dando dor de cabeça com um problema no sub-woofer que ninguém resolve. Ele decidiu encostar e me pediu para recomendar um kit novo. Eu sugeri, até por causa dos problemas de espaço, que ele usasse algum tipo de mixer para conectar o segundo PC à Soundworks também.

O problema é que qualquer mixer "comercial", com pelo menos dois canais stereo, custa caro e é volumoso demais.

Então eu decidi testar o mais simples dos mixers. E funcionou surpreendentemente bem!



PC 1 -------\/\/\/\---+
---+ R1 10K +------------ SAÍDA
| | +----
PC 2 -------\/\/\/\---+ |
---+ R2 10K |
| (blindagem) |
+---------------------+

Material (para dois PCs):

  • Dois cabos prontos P2 stereo - RCA (R$3 cada, do tipo vagabundo);
  • Quatro resistores de 10K (não chega a R$1);
  • Tubos termoencolhíveis para isolação e acabamento.

No lugar dos dois cabos eu poderia ter adquirido os plugues, mas comprar cabos prontos poupa tempo, deixa o resultado mais profissional (os cabos são moldados) e é capaz até de sair mais barato.

Eu fotografei algumas etapas do processo para ilustrar como fica:



Acima, os quatro resistores (só dá para ver três) já soldados e protegidos por termoencolhível transparente. O lado esquerdo vai para os PCs. Do lado direito o áudio já está misturado. Ignore as cores dos fios, porque cabos moldados não seguem regra nenhuma e em um dos cabos o fio do canal direito é vermelho e no outro é preto.



Acima, o cabo que vai para as caixas foi soldado no lugar e você vê dois pedaços de termoencolhível ainda não encolhido envolvendo os resistores. Abaixo, os pedaços foram deslizados para a direita e encolhidos no lugar certo após a soldagem. Note que já está tudo isolado, exceto os negativos.



Abaixo, conectei os negativos com um pedaço de fio qualquer. Lembre-se que os terminais dos resistores parecem expostos mas na verdade estão completamente isolados por termoencolhível transparente.



E o resultado, depois do encolhimento final:



Você pode usar isso não apenas para dois PCs, mas também para qualquer combinação de PCs, MP3 players, iPODs, etc. Em geral, qualquer fonte de áudio que tenha seu próprio controle de volume vai funcionar bem.

12 comentários:

  1. Esse é o famoso "jeitinho" brasileiro. Tambem muito conhecido como "gambi" ou "gambiarra" rsrs

    Abraco
    Tiago Bigode

    ResponderExcluir
  2. Hahahahaha... De brasileiro esse jeitinho não tem muito... o texto é todo em inglês. Acho que o jeitinho não é só dos brasileiros.

    Jefferson,

    Muito boa a dica. Eu vivo tirando o cabo do DVD player (com um adaptador RCA->J2) pra conectar no computador (J2), pois só tenho UM sistema de som (e ele tem só uma entrada). Isso vai cair como uma luva aqui pra mim!!!

    ResponderExcluir
  3. Marcelo Vitor4/12/08 16:49

    Mas tem uma questão.
    Vou ligar duas fontes de áudio em apenas um conjunto de caixas, mas se eu ligar as duas fontes ao mesmo tempo ?
    o som de qual vai sair ?
    das duas fontes, embolados ?

    Abraços
    Marcelo Vitor

    ResponderExcluir
  4. Marcelo,

    Isso é um mixer (misturador), não um seletor. É claro que o áudio das duas fontes será misturado. E é essa a grande utilidade desse circuito.

    ResponderExcluir
  5. Tiago e Rafa,

    Até onde sei, Tomi Engdahl (o autor da página e webmaster de epanorama.net) é finlandês.

    E se eu não publicar uma gambiarra de vez em quando, como vou justificar o nome do blog? ;)

    ResponderExcluir
  6. Fiz o meu!

    Sensacional! Agora não vou mais precisar ficar fazendo aquela trocação de cabos.

    Ficou uma beleza: foto. A entrada de som do amplificador das minhas caixas de som é um J2, por isso o P2 ali. As outras pontas vão: uma no DVD player e a outra no notebook.

    Mas será que o valor dos resistores não poderia ser mais baixo? A diferença de volume aqui é BEM perceptível (o sinal que entra no amplificador das caixas de som fica mais fraco depois de passar pelo resistor).

    ResponderExcluir
  7. Rafa,

    Eu não fiz experiências com o valor dos resistores. Você provavelmente só está sentindo o problema com o som do DVD player, não é?

    ResponderExcluir
  8. Não seria mais fácil usar este tipo de adaptador:

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-82460849-adaptador-2-rca-femea-x-1-rca-macho-_JM

    Ou não entendi o "espírito" da coisa!!!!????

    ResponderExcluir
  9. XSM,

    Isso é explicado extensivamente no link que eu apresentei. Vou resumir com minhas palavras:

    O tipo de adaptador indicado por você serve para distribuir uma "fonte" de sinal para dois receptores. Se você tentar usá-lo para o propósito contrário (que é o indicado no meu texto), vai colocar duas fontes "em curto". Com isso você ganha desde distorção até a possível queima de uma das fontes de sinal.

    ResponderExcluir
  10. Jefferson,

    (nem lembrava mais que havia deixado sua pergunta pra responder depois)

    Não, o problema (volume caía muito) era perceptível tanto no som do DVD quanto no som do notebook.

    Troquei os resistores por outro valor. Já faz tanto tempo que não lembro se o que ficou é de 1k, 2k ou 5k. Acho que é de 1k.

    O problema do volume diminuiu bastante, mas persiste. Mas a praticidade de tudo ligado ao mesmo tempo compensa!

    O problema maior tem sido as interferências. Eu tenho problemas com interferência aqui em casa, e elas são causadas principalmente (mais de 99% dos casos) pela ducha Thermo System, um chuveiro que [suposição] conta com um dimmer para regular a tensão enviada à resistência [/suposição], fazendo a temparatura da água ser facilmente regulável.

    Quando esse chiveiro está ligado eu tenho vontade de sair correndo do meu quarto. O ruído é muito chato! Eu não sei o que aquele chiveiro faz com a rede elétrica, mas é algo bem desagradável para os ouvidos. Fontes chaveadas mais potentes também emitem o barulho chato, na mesma frequencia (sem trema agora). Aqui em casa acontece com a fonte do meu monitor LCD 24" e com os dois projetores do meu pai.

    Efim: o problema da interferência eu sempre tive nas caixas de som, mas fiz vários testes aqui trocando de cabos e pelo que percebi o cabo-mixer (com resistores) piora o problema da interferência, deixando o barulho ainda mais forte.

    Mas que nada, se eu precisar, desligo o disjuntor do chuveiro ali no corredor quando ligarem o chuveiro. No inverno do RS, onde 0º não é raro, ninguém vai perceber se estiver tomando um banho quente e de repente o chuveiro desligar. Tudo em nome do mixer baratinho! Hehehe!

    ResponderExcluir
  11. Olá amigos, eu preciso de um circuito para transformar o sinal estéreo de um notebook para ligar em um amplificador mono... este circuíto serve para isso? No meu caso eu teria que utilizar um plug P2 estéreo em uma extremidade do cabo e um P10 mono na outra... posso soldar um resistor em cada sinal estéreo para uni-los em um sinal mono?

    ResponderExcluir
  12. Pode, sim. A teoria é exatamente a mesma.

    ResponderExcluir

Siga as regras do blog ou seu comentário será ignorado.